A micropigmentação, também conhecida como maquiagem definitiva, é uma eficiente técnica usada para valorizar a beleza feminina ou até mesmo para corrigir falhas. A técnica pode ser usada na face, nos lábios, no contorno dos olhos e nas sobrancelhas.

Vale ressaltar que embora a micropigmentação esteja se tornando cada vez mais popular no mercado de estética, muitos profissionais realizam a técnica sem ter o devido preparo.

Isso é um erro que beira a irresponsabilidade, afinal, uma micropigmentação mal feita pode causar danos.

Para evitar que isso aconteça com você, veja a seguir algumas dicas para trabalhar com micropigmentação sem colocar em risco a saúde, o bem-estar e a aparência das suas clientes.

Faça Bons Cursos

O primeiro passo para trabalhar com micropigmentação é se especializar. Ainda que você seja designer de sobrancelha há muitos anos, isso, por si só, não a habilita a trabalhar com a técnica de maquiagem definitiva.

Também não é necessário cursar uma faculdade de estética! Basta ter mais de 18 anos e fazer um bom curso na área de micropigmentação para obter os conhecimentos teóricos e práticos necessários.

Mas enfim, por onde começar na micropigmentação e como começar bem?

Busque Sempre um Efeito Natural

Nada pior esteticamente do que sobrancelhas grosseiramente pigmentadas a ponto do efeito ficar artificial. A sobrancelha é a moldura do olhar, portanto, a pigmentação deve ser o mais leve e natural possível.

Cuidado para não usar pigmentos escuros ou fazer desenhos que fujam demais do traço natural das clientes. As sobrancelhas grossas demais também devem ser evitadas para o visual não ficar carregado.

Evite Formatos que Desarmonizem o Rosto

O profissional que faz a pigmentação deve ter bom senso, inclusive, para explicar ao cliente que o formato que ele almeja não é adequado para seu rosto.

Além disso, para valorizar a expressão e deixar as feições harmônicas, evite as sobrancelhas juntas ou arqueadas demais, pois elas dão a sensação de um rosto muito sério. As redondas ou muito finas, por sua vez, envelhecem o rosto, além de serem ultrapassadas.

O ideal é que o final da sobrancelha coincida com o ângulo externo da sobrancelha da cliente. Caso contrário, ela vai aparentar mais idade do que realmente tem.

Não Realize os Procedimentos em Casos de Contra-indicação

Para evitar problemas graves, a recomendação é que não se faça micropigmentação em portadores de doenças infectocontagiosas, pessoas com câncer, AIDS ou hemofilia, gestantes, diabéticos, epiléticos, alérgicos a pigmentos e anestésicos, lactantes, pessoas depressivas, com trombose, glaucoma ou que sejam menores de idade.

Contudo, se houver liberação médica, especialmente no caso de portadores de HIV, o procedimento poderá ser realizado.

Cumpre ressaltar que quem tiver tendência a desenvolver queloides ou tiver passado por uma recente cirurgia no local também não deve realizar a técnica de micropigmentação.

Instrua as Clientes Antes do Procedimento

O procedimento é um pouco dolorido e as clientes devem saber disso. Sendo assim, antes do processo de micropigmentação, de preferência no primeiro contato, explique como a técnica é feita, fale sobre os instrumentos utilizados, diga que há a possibilidade de haver um incômodo durante o procedimento, mas avise que é uma leve dor plenamente suportável.

Para completar, deixe o cliente tranquilo em relação à higiene do local e segurança do procedimento. Avise também que se ele não gostar, é possível reverter o processo através da técnica de despigmentação.

Explique os Cuidados Pós-Micropigmentação

Depois da realização do procedimento, também é necessário orientar as clientes quanto aos cuidados pós-micropigmentação.

Diga sobre a importância de usar pomada cicatrizante, não se expor ao sol durante 15 dias, não ficar tocando na área pigmentada e não esfregar o local ao tomar banho.

 E aí, você vai colocar nossas dicas em prática? Conheça também aqui as técnicas de micropigmentação.

Leia mais...


Mariana Queiroz

Designer de Sobrancelhas, especialista em Micropigmentação e Instrutora dos Cursos de Micropigmentação do Espaço Sobrancelha Desenhada, em São Paulo, Capital.

Deixe seu comentário, estou curiosa em saber o que você achou...

    16 replies to "6 Dicas Para Quem Quer Trabalhar com Micropigmentação"

    • mestrewebmarketer@gmail.com' Anderson Camargo

      Gostei do post e do blog em geral, muito bom, espero um dia conseguir deixar o meu assim.
      Estou iniciando o meu, depois da um olhadinha por lá, eu ficaria muto grato por sua visita.
      Abraço.

      • Mariana Queiroz

        Olá Anderson, obrigado pelo comentário.

    • angelamiranda1975@gmail.com.br' francisco de assis miranda

      Legalmente posso abrir um espaco no meu apto pra fazer a micropigmentacao?

      • Mariana Queiroz

        Olá Francisco, depende da prefeitura liberar o alvará de funcionamento, a vigilância sanitária liberar um certificado, bombeiros. São algumas licenças necessárias para você abrir um espaço.

    • flavia_almeida.1@hotmail.com' Flávia Regina

      Boa tarde. Gostei muito das suas orientações. Me formei em 14/06/17, mas estou com muito medo de fazer meu primeiro trabalho sozinha. Você poderia me orientar que cores de pigmentos adquirir primeiro? Muito obrigada .

      • Mariana Queiroz

        Bom dia Flávia, seu curso foi com dermógrafo ou tebori? No seu curso você fez alguma prática em modelo?

        • carlamariadematos@gmail.com' carla

          Eu estou na mesma situaçao.Receio de atender sozinha a primeira cliente.Fiz tebori na modelo.O corte foi perfeito..mas me confundi nas medidas….

          • Mariana Queiroz

            Olá Carla, a marcação chega ser tão importante quanto o desenho dos fios. Minha recomendação é treinar a marcação, as medidas. Com o projeto de sobrancelha bem marcado, basta se concentrar no desenho dos fios.

    • juliana.vaninho2016@gmail.com' Juliana

      Quero saber a diferença entre o dermografo e o tebori ? Qual o mais realista? Quero saber também qual é o mais caro a ser cobrado ?qnto devo cobra de início

    • farmaotto@hotmail.com' Farisa Linhares Otto

      Estou fazendo um curso pela internet, infelizmente morando em uma cidade pequena nem tem curso presencial. Será que é o suficiente para me tornar uma boa profissional?

      • Mariana Queiroz

        Olá Farisa, você irá adquirir conhecimento teórico, porém, a prática como fica? seu curso possui referências de alunos e trabalhos feitos na prática por eles? tiveram bons resultados? Se tratando de procedimentos estéticos, especificamente micropigmentação, dispensar um acompanhamento presencial não lhe garante resultados práticos.

    • vanessabfaustino@yahoo.com.br' Vanessa

      Boa noite. Quais as cores fundamentais para se iniciar o trabalho com micropigmentação, para não comprar muitas cores e depois não usar.

      • Mariana Queiroz

        Olá Vanessa, depende, tem diferentes marcas de pigmento no mercado, vai depender de qual linha você escolherá usar. Geralmente são de 2 a 3 tons diferentes, você conseguirá fazer bastante.

    • fabio@timeselection.com.br' fabio

      Gostaria de saber qual é a melhor marca para trabalhar com pigmentação?

      • Mariana Queiroz

        Olá Fábio, você se refere aos pigmentos? urban skin, kolor source são muito boas

Leave a Reply

Your email address will not be published.